HIDE

Últimas notícias

latest

Cinco suspeitos de explosão de agência bancária são mortos durante troca de tiros, em Corumbá de Goiás

  Cinco suspeitos de participar da explosão dentro de uma agência bancária em Corumbá de Goiás , no Entorno do DF, morreram em troca de tiro...


 Cinco suspeitos de participar da explosão dentro de uma agência bancária em Corumbá de Goiás, no Entorno do DF, morreram em troca de tiros com equipe das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) na madrugada desta segunda-feira (10). Segundo a PM, nenhum policial ficou ferido na ação. A Polícia Civil informou que um suspeito conseguiu fugir e que a corporação está investigando o caso.



De acordo com informações da Polícia Militar, com os investigados foram apreendidos uma submetralhadora, duas pistolas calibre 380 e três revólveres de calibre 38.

Além das armas, a corporação também apreendeu um carro, balaclavas, máscaras, luvas e explosivos que teriam sido usados na agência bancária, onde foram danificados dois dos três caixas eletrônicos.

Segundo informações passadas à Polícia Civil, as duas pistolas apreendidas foram encontradas dentro da agência bancária e pertenceriam à segurança do local. No entanto, até a publicação desta reportagem, a corporação não tinha informações se algum desses agentes estava no banco e foi rendido no momento do assalto.

A corporação também apurou que os criminosos não conseguiram levar dinheiro da agência, apesar dos esforços. Para a conclusão do inquérito, serão analisadas perícias feitas na agência bancária e no local onde houve troca de tiros.


Moradores da cidade contaram à TV Anhanguera que foram acordados de madrugada com barulhos muito altos que seriam da explosão da agência bancária. Imagens do local mostram que as portas de vidro do banco foram completamente destruídas e que os caixas eletrônicos também foram danificados.

O delegado Rodrigo Jayme, que está responsável pela apuração, disse que está se inteirando do caso, ainda deve ouvir os policiais envolvidos e outras pessoas que possam ajudar na investigação. No entanto, adiantou como foi a perseguição, de acordo com relato da Rotam.

“Os policiais estavam posicionados estrategicamente, com base em informações do serviço de inteligência e, ao ouvirem barulho da explosão, foram para a GO-220, onde viram um carro em alta velocidade que não atendeu às ordens de parada. Eles seguiram o veículo por uma estrada vicinal, onde os ocupantes saíram correndo para tentar fugir a pé e atirando contra os policiais”, explicou.

Ainda de acordo com ele, os policiais atiraram de volta e acertaram os homens que tentavam fugir.


Por meio de nota, o Banco do Brasil informou que a agência “não vai abrir nesta segunda-feira (10), após ataque de grupo criminoso na última madrugada com tentativa de explosão de dois dos três terminais de autoatendimento”.

Ainda segundo o comunicado, há equipes a caminho para “avaliar eventuais danos à estrutura da unidade e providenciar a limpeza do local”. A alternativa para quem precisar de um terminal do Banco do Brasil pode ir ao “município vizinho de Pirenópolis, distante 17 quilômetros”.

A empresa disse que “registrou boletim de ocorrência e colabora com as investigações policiais para a solução do caso”.

Fonte: G1 Goiás.













Nenhum comentário