HIDE

Últimas notícias

latest

Educação espera reabrir creches em 15 dias, afirma secretário

  Vacinação de educadores contra a covid-19 contou com sistema drive-thru - (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press) A vacinação de educador...

 Vacinação de educadores contra a covid-19 contou com sistema drive-thru - (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

A vacinação de educadores que atuam em creches públicas e privadas do Distrito Federal iniciou na manhã desta sexta-feira (21/5), na unidade básica de saúde 1 do Guará. A imunização dos profissionais irá permitir o retorno escalonado das aulas presenciais na capital. Para o secretário de Educação, Leandro Cruz, a expectativa é reabrir imediatamente as creches. "Vamos esperar só um período de 14 a 15 dias, da recomendação após a vacina, e logo depois a gente reabre", destacou em entrevista ao Correio, durante o evento de vacinação. 

"Começaremos com a creche, depois com a educação infantil, fundamental I, fundamental anos iniciais, anos finais, ensino médio e ensino superior. Assim que forem sendo imunizados, vamos reabrindo", ressaltou Leandro Cruz. O vice-governador, Paco Britto, que também acompanhou a vacinação dos professores, afirmou que a ampliação dos outros profissionais da educação será feita de acordo com a chegada de novas doses.

"Foi um trabalho incansável do secretário Leandro mostrando essa prioridade. Após essa imunização, nós vamos abrir parcialmente as creches. Até para as mães poderem deixar seus filhos e irem trabalhar", pontuou o vice-governador. 

A vacinação dos docentes ocorreu de forma escalonada com a divisão das instituições por horário. Nesta sexta-feira (21/5), cerca de mil profissionais irão receber a primeira dose do imunizante. Para uma melhor organização, uma lista com o nome dos educadores foi feita e seguida cumprindo a ordem dos agendamentos. Dos 1.010 educadores contemplados, 80% atuam em creches públicas e privadas e 20% são formados por gestores das escolas públicas do DF.

A educadora Clemilda Mendes da Silva, 43 anos, não escondia a felicidade de receber a vacina. "Para mim esse é um momento de esperança. De vencer essa batalha contra a covid-19", ressaltou. A profissional que trabalha na Centro Educacional Infantil (Cei) Pró Vida, no Recanto das Emas, conta que a ansiedade de poder retornar para as aulas presenciais é grande. "Estou contando os dias", afirmou. 

Para receber o imunizante, os trabalhadores devem apresentar crachá funcional ou contracheque recente para comprovar o vínculo e documento de identificação com foto e CPF. Na unidade básica de saúde 1 do Guará, foi ofertado a modalidade por drive-thru e a aplicação da dose na sala de vacinação. Durante o fim de semana, não haverá vacinação para esse público. A imunização dos educadores retorna na segunda-feira (24/5) e segue até sexta (28/5). Neste primeiro momento, 5 mil profissionais da educação serão contemplados. 







Fonte: Correio Braziliense




Nenhum comentário