HIDE

Últimas notícias

latest

Quadrilha que roubava gado tentou matar vaqueiro em São Sebastião

Uma grave tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) de um vaqueiro em uma fazenda de São Sebastião, ocorrida na terça-feira (4/5), le...


Uma grave tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) de um vaqueiro em uma fazenda de São Sebastião, ocorrida na terça-feira (4/5), levou os investigadores da 30ª Delegacia de Polícia a uma quadrilha especializada por furtar gado na zona rural da região. Nesta sexta-feira (7/5), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou a primeira fase da operação Free Boi e prendeu três homens.

O vaqueiro trabalha como funcionário da fazenda e, segundo as investigações, enquanto caminhava pelo pasto, avistou um homem furtando os animais. Ao questionar o rapaz, o suspeito o agrediu com várias pedradas na cabeça e só parou ao acreditar que a vítima estava morta.

Durante uma noite inteira, o trabalhador ficou agonizando no pasto. Na manhã do dia seguinte, na quarta-feira (5/5), o dono da fazenda encontrou o funcionário inconsciente com graves lesões na cabeça e com parte da orelha lacerada. O homem foi encaminhado ao Hospital Regional do Paranoá e permanece internado.

Investigação

A polícia conseguiu identificar o homem suspeito de tentar matar o vaqueiro, o qual teve a prisão decretada pela Justiça na madrugada desta sexta-feira (7/5). Os investigadores chegaram ao paradeiro de outros dois responsáveis por transportar o gado roubado. Segundo o delegado-adjunto da 30ª DP, Ulysses Luz, há indícios de que esses indivíduos encomendaram outros furtos ocorridos em São Sebastião e em Planaltina.

Durante as buscas, a equipe encontrou 23 gados roubados. A carga é avaliada em R$ 80 mil, mas o receptador teria comprado os animais por R$ 45 mil. “A prisão desses três autores revelou apenas a ponta do iceberg desse esquema criminoso, que será profundamente investigado ao longo das próximas semanas”, finalizou o investigador.


 

Nenhum comentário